31 outubro 2008

JOSUÉ RIBEIRO, UM AMANTE DA MPC




Texto escrito pela repórter do jornal Extra Clarissa Monteagudo

Você sabe que a filha de Odair José e Diana é uma roqueira? Quer conhecer um pouco mais sobre os bastidores dos shows de Amado Batista? Sabe que o pai da supermodelo Fernanda Tavares é um cantor famoso em Natal? Pois, a partir de agora, o blog Música Popular do Brasil, escrito pelo pesquisador Josué Ribeiro, vai preencher um espaço muito especial no coração dos leitores do EXTRA ONLINE. http://extra.globo.com/blogs/musicapopular/

Ele vai escrever sobre o gênero musical mais amado pela população, mas muitas vezes esquecido pela crítica especializada, a Música que o Povo Canta (MPC). Lançado pelo EXTRA em setembro, o especial MPC resgatou histórias dos mais populares cantores do Brasil. E, ao ouvido dos fãs do estilo, ficou uma vontade de curtir mais... Josué foi um dos maiores entusiastas do especial. Em seus comentários, o pesquisador citou seu blog musicapopulardobrasil.blogspot.com. A equipe do EXTRA ONLINE conferiu o conteúdo e não perdeu tempo. Convidou Josué para fazer parte do time do site. Ele aceitou e nasceu o blog Música Popular do Brasil, o blog da MPC.

Cearense do sertão de Canindé, Josué começou a se interessar pela MPC em 1990, ao chegar ao Rio de Janeiro. Com uma bem-sucedida carreira nos meios teatrais do seu estado, ele veio atrás do sonho dourado do sucesso nos palcos, mas acabou atraído pela música. Fã do rock nacional, sentiu falta no Sudeste das canções de Odair José, Diana, Waldick Soriano, que nunca tinham saído das caixas de som das cidades nordestinas. Ele não entendia por que, nos meios ditos culturais do Rio, esses artistas tinham sido banidos. "Considero a obra de Odair José tão interessante e útil para o Brasil quanto de Caetano. Tanto que o próprio Caetano o chamou para dividir o palco em 1973 para cantarem "Eu vou tirar você desse lugar". Cafona, para mim, é o preço do pão francês. Esse rótulo, assim como o brega, é um adjetivo criado para designar obras de mau gosto. É desrespeito. Não concordo com isso", conta Josué, dono de uma invejável coleção de 2 mil discos, entre eles o primeiro compacto de Diana e o raro "O elegante", de Waldick Soriano. Josué está feliz com a nova empreitada. "Eu já fazia esse trabalho por respeito aos artistas. É um resgate. De um simples comentário no especial da MPC, surgiu a oportunidade. O que me deixa muito feliz é saber que o EXTRA abriu espaço para falar desse tipo de música. Foram anos em que a luz ficou apagada, ninguém sabia nada. As pessoas ouviam Odair, Waldick, mas os jornalistas ditos de grife não escreviam sobre eles", explica Josué, que não gosta do rótulo de justiceiro da música popular. "Eles não precisam de defensores, a obra fala por si. Não sou justiceiro, eu só escavo lá no fundo", define o moço, que a partir de hoje expõe sua coleção de pedras preciosas - e raras - no site do EXTRA.

Nenhum comentário:

Relembre a estreia de Ricardo Braga e a opiniäo de Roberto Carlos em 28/05/1978

A estreia da cantora Katia em 1978 cantando Tão So

Mate a saudade de Nara Leao cantando Além do Horizonte em 1978

1 em cada 5 Brasileiro preferia o THE FEVERS 26/11/1978

Elizangela canta Pertinho de Você no Fantástico em 1978

Glória Pires e Lauro Corona cantam Joao e Maria

CLA BRASIL E MARINÊS

DOCUMENTÁRIO SOBRE EVALDO BRAGA / 3 PARTES - ASSISTA NA ÍNTEGRA

Web Counters
PopularContacts.com

http://